Pilates e a dor lombar - Espaço Manawa - Pilates - Jardins, Metrô Brigadeiro, Paulista

Pilates e a dor lombar

O Pilates é um ótimo método de exercícios que pode te ajudar a melhorar a flexibilidade e aumentar a força pelo corpo todo. Além disso o Pilates pode ser um importante aliado na prevenção e tratamento de dores pelo corpo, em especial as dores que acometem a coluna. Então, vamos conversar hoje sobre a relação do Pilates e a dor lombar.

Nota: Antes de mais nada é importante ressaltar que as dores na coluna podem ter diversas causas, por isso, na dúvida, é sempre bom consultar um bom ortopedista especialista em coluna caso você tenha alguma dor não diagnosticada e que esteja persistindo a algum tempo.

Uma das principais razões para sentirmos dores na região lombar é a falta de força pelo core. O core é um grupo de músculos que ficam na região abdominal e são responsáveis por manter a estabilidade dessa região, além de ajudar dissipar a carga que passa pelo nosso corpo. Por isso, esses caras são extremamente importantes para a saúde da nossa coluna. No Pilates o core está presente o tempo todo. Os famosos exercícios de abdominais, para deixar a barriga chapada, focam exatamente nesse grupo muscular. Mas o bacana do Pilates é que mesmo sem perceber, estamos trabalhando o core. Pode ser um exercício de braços ou de pernas e o core está lá, firme e forte nos ajudando a manter tudo estável e no lugar.

Agora que a gente já sabe um pouquinho sobre a relação do Pilates e a dor lombar, vamos ver alguns exercícios simples que nos ajudam a fortalecer o core e diminuir essas dores lombares. Essa série de 5 exercícios é bem tranquila de fazer, mas na dúvida, consulte seu médico, seu instrutor de Pilates ou venha nos visitar no Espaço Manawa. 😉

respiração

Esse pode ser feito em pé, sentado ou até deitado.

Pilates e a dor lombar - respiração

A ideia aqui é trazer uma maior consciência para a sua respiração. Como você inspira, expira, se seus ombros se elevam durante a inspiração, enfim, trazer um pouco de consciência para o que tá rolando no seu corpo nesse momento.

Role a coluna para baixo e respire um pouco, simples assim…

imprint e solte

Esse é mais um daqueles exercícios simples mas super eficientes para aliviar dores e tensões pela região lombar da coluna.

 

Pilates e a dor lombar - neutra

Comece deitado, com um pequeno espaço na coluna lombar e a pelve na posição neutra.Pilates e a dor lombar - imprint

Role a pelve, aproximando a lombar do chão.

Esse é um movimento leve e suave, observe como a linha branca sai de uma curva na primeira imagem para uma linha mais reta na segunda imagem. Tente fazer esse movimento com o mínimo de esforço possível e pela ação dos oblíquos, a musculatura lateral dos abdominais.

hip rolls (rolamento do quadril)

Uma ótima forma de articular a sua coluna de uma forma suave e gostosa.Pilates e a dor lombar - rolamento do quadril

Inicie com os pés próximos da sua pelve e comece a rolar pelo imprint, cresça pelos joelhos e suba só até a sua neutra, não mais do que isso. Role para baixo, sentindo cada vértebra encostando no chão.

 alongamento do gato

Mais uma articulação da coluna (nossa coluna gosta disso!).

Pilates e a dor lombar - rolamento do quadril

Inicie em quatro apoios, mão e joelhos apoiados no chão. Comece a rolar a coluna para cima, segure uma respiração, depois role de volta à posição inicial. Tome cuidado para não inclinar o peso para trás ou para frente durante esse movimento, tente manter o peso igualmente distribuído entre as mãos e os joelhos.

círculos com os braços

Costumamos carregar muita tensão nos ombros e pescoço. Os círculos são ótimos para soltar um pouco a musculatura dessa região e o mais bacana é que podem ser feitos onde quer que você esteja, em pé, sentado ou deitado.

Pilates e a dor lombar - arm circles

Inicie com os braços na altura do peito, leve-os para cima, para os lados e depois para baixo. Cuidado para não criar tensão enquanto faz isso, suba os braços sem deixar os ombros subirem demais. Sempre preste atenção à musculatura entre o pescoço e os ombros, não deixe que tensionem. Depois de umas cinco repetições nessa direção, inverta o movimento.

Gostou das dicas, quer mais?! Envie sugestões de temas e venha conhecer o nosso trabalho no Espaço Manawa!


Interaja com a equipe Manawa!